Amigos seguidores

quarta-feira, maio 04, 2011

A fantástica carreira de Cher

Cher na pré estreia de Burlesque, filme de
2010 que foi lançado no Brasil agora em
fevereiro de 2011. 
Essa mulher foi a única pessoa na História da Humanidade a receber os três maiores prêmios nas três principais vertentes do mundo artístico moderno: o Oscar do cinema; o Emmy da televisão e o Grammy da música. Ainda ganhou 3 Globos de Ouro e um prêmio do Festival de Cannes. Apesar de todo o sucesso feito nas últimas décadas por Madona, Beyonce, Lady Gaga, Britney Spears, Christina Aguilera, Cyndi Lauper e outras divas do jet set musical (todas com carreira abertamente influenciadas por ela), ninguém a superou e dificilmente a superará em sucesso continuo e fortuna. E o mais incrível é que ela completará agora, no dia 20 de maio, 65 anos e com essa carinha da foto. "Recauchutada" por diversas plásticas, sim, mas até nisso ele sempre foi autêntica e genial. É uma das raras integrantes do seleto mundo das "Estrelas do Pop" que nunca negou suas investidas em consultórios de cirurgiões comésticos do mundo afora. Ela já passou por cirurgia plástica para remodelar o nariz, a boca, o peito e endireitar os dentes. Cher, nome artístico de Cherilyn Sarkisian LaPiere (El Centro/Califórnia, 20 de maio de 1946) é uma cantora, atriz, apresentadora, diretora, produtora cinematográfica e musical e empresária estadunidense apelidada de “Deusa do Pop”. Sua contribuição para a música, cinema, televisão e moda, juntamente com uma vida pessoal muito divulgada, fizeram dela uma figura global na cultura popular por mais de cinco décadas. Ela estreou na cena musical profissional aos dezessete anos como parte da dupla de pop rock Sonny e Cher, e começou sua carreira solo em 1964.  Saiba mais sobre Cher na sequência! 


Inicio da carreira nos anos 60 fazendo dupla com Sony Bono, ex-marido já falecido
Na década de 1960, Cher tornou-se um dos ícones femininos máximos da moda na cultura hippie, popularizando modelos como a minissaia e a calça boca-de-sino, de criação própria. Ela estabeleceu-se como apresentadora de televisão com o programa de variedades The Sonny & Cher Comedy Hour, uma das atrações de maior audiência da TV americana na década de 1970. Uma série de hits número um dos álbuns Gypsies, Tramps and Thieves (1971), Half Breed (1973), Dark Lady (1974) e Take Me Home (1979) aliados à sua forte influência no movimento de emancipação feminina e na criação do videoclipe a consagraram como ícone pop. Um bem recebido desempenho no filme Silkwood ( Silkwood - O Retrato de uma Coragem) rendeu-lhe uma indicação ao Oscar de melhor atriz coadjuvante em 1984. Ela atuou em uma série de filmes de sucesso nos anos seguintes, incluindo Mermaids (Minha Mãe É uma Sereia), Mask (Marcas do Destino), The Witches of Eastwick (As Bruxas de Eastwick) e Moonstruck ( Feitiço da Lua), pelo qual ganhou o Oscar de melhor atriz em 1988. No final da década de 1980, Cher se tornou uma figura dominante na música rock com a trilogia de álbuns Cher (1987), Heart of Stone (1989) e Love Hurts (1991)Seu vigésimo terceiro álbum de estúdio, Believe (1998), é o álbum de dance music mais vendido de todos os tempos. 


E prá quem gosta de Believe, eis uma versão remixada feita pela "Dam o Rama", uma das maiores produtoras de Remix do mundo. Ficou muito bem feita essa versão. 




A versão original de Believe, sem a mixagem, 
você assiste CLICANDO AQUI

Em 2002, a canção "Song for the Lonely" foi considerada o tema da perseverança americana diante dos ataques de 11 de setembro de 2001. Cher é a única artista a alcançar o primeiro lugar nas paradas da Billboard em cada uma das últimas seis décadas, e detêm o maior intervalo de tempo (33 anos) entre o primeiro e o último single número um por um artista solo no Hot 100. Ela divide com Barbra Streisand a distinção de ter sido premiada com o Oscar de melhor atriz e também ter gravado um single número um no Hot 100 da Billboard. Em 2005, Cher encerrou a Living Proof: The Farewell Tour como a turnê mundial mais bem sucedida da história por uma artista feminina solo. Após três anos de aposentadoria, ela assinou em 2008 um contrato de 180 milhões de dólares com o Caesars Palace para fazer uma série de shows em Las Vegas intitulada Cher at the Colosseum. Outros empreendimentos de Cher incluem ser desenhista de moda, modelo, escritora e dona de sua própria companhia de produção cinematográfica, Isis Productions.

As imagens de divulgação do álbumPrisoner (1979) causaram forte reação de grupos
 conservadores por sua conotação sexual
Cher lançou até os dias de hoje 25 álbuns de estúdio e 76 singles, tendo vendido mais de 180 milhões de álbuns e 70 milhões de singles em carreira solo, totalizando 250 milhões de gravações vendidas no mundo todo. Em 2001, ela foi condecorada pelo Bambi Awards como a maior artista feminina de todos os tempos. Em 2007, o AE a elegeu como a terceira atriz favorita de todos os tempos, atrás de Audrey Hepburn e Katharine Hepburn. Considerada uma das "75 Maiores Mulheres da História da Humanidade" pela revista Esquire por ser uma figura influente na música e no cinema contemporâneos, Cher é conhecida por reinventar continuamente sua música e imagem, mantendo um nível de autonomia dentro da indústria fonográfica. Ela é reconhecida como inspiração entre inúmeras personalidades do show business.


Realizações e recordes
  • É a artista feminina com mais idade a ocupar a primeira posição no Hot 100, com "Believe" em 1999. (52 anos)
  • É a única artista a chegar à primeira posição nas paradas gerais da Billboard em seis décadas consecutivas (1960, 1970, 1980, 1990, 2000 e 2010).
  • Sonny e Cher, Michael Jackson, Elvis Presley, Beatles, ABBA e Bee Gees são os únicos artistas a ter cinco singles no Top 20 do Hot 100 simultaneamente.
  • Detêm o maior intervalo de tempo entre o primeiro e o mais recente single número um no Hot 100. (33 anos entre "I Got You Babe", 1965, e "Believe", 1999)
  • "Gypsies, Tramps and Thieves" é o single mais vendido de 1971, com três milhões de cópias.
  • "The Shoop Shoop Song (It's in His Kiss)" é o single mais vendido de 1991 por uma artista feminina solo no Reino Unido, totalizando sete milhões de cópias no mundo todo.
  • "Believe" é o single mais vendido da história da gravadora Warner Bros. e o terceiro mais vendido por uma artista feminina solo, com dez milhões de cópias no mundo todo.
  • "The Music's No Good Without You" é o primeiro single por um artista não russo a chegar à primeira posição no Russian Airplay Chart, em 2001.
  • "Song for the Lonely" é o single com o maior número de semanas consecutivas na primeira posição no Hot Dance Singles Sales. (21 semanas em 2002
  •  É uma das artistas mais vendidas de todos os tempos, com 180 milhões de álbuns e 70 milhões de singles.
  • Believe (1998) é o álbum de dance music mais vendido de todos os tempos, com vinte milhões de cópias.
  • Not.com.mercial (2000) é o álbum físico mais vendido da história da internet, com um milhão de cópias.
  • É a artista feminina solo que mais arrecadou em turnês, com faturamento total de 900 milhões de dólares. 
  • Living Proof: The Farewell Tour é a turnê mundial mais bem sucedida da história por uma artista feminina solo, com 5,8 milhões de espectadores e 400 milhões de dólares arrecadados.
  • O especial de TV Cher: The Farewell Tour, exibido em 2003 pela NBC, é o concerto mais visto da história da TV americana por um artista solo, com 17 milhões de telespectadores.
  • É uma das poucas artistas a ganhar o Oscar, o Globo de Ouro, o Emmy e o Grammy por seu trabalho multimídia.
  • Cher e Barbra Streisand são as únicas artistas femininas a ter um hit número um no Hot 100 e ganhar um Oscar.
  • Estrelou quatro filmes número um de bilheteria nos EUA: Silkwood (1983), Mask (1985), The Witches of Eastwick (1987) e Moonstruck (1987).
  • É a terceira artista musical mais rica do planeta (atrás de Paul McCartney e David Bowie), com um patrimônio pessoal estimado em 1 bilhão de dólares.
  • Apareceu na capa da revista People em um recorde de 21 vezes.
  • Foi condecorada pelo Bambi Awards com o título de maior artista feminina de todos os tempos. 
  • Foi numerada a terceira atriz favorita de todos os tempos (atrás de Audrey Hepburn e Katharine Hepburn) pelo canal A&E.
Saiba muito mais de Cher acessando essa página da Wikipedia

3 comentários:

RicaKuns disse...

Olá!
Sem querer menosprezar nenhuma das outras "divas" da música, mas essa realmente é genial. Cantora, atriz, modelo, empresária, essa mulher é tudo. Adoro ela. Verdadeira "Deusa do POP". Cher é de the best. Adorei o post!

taio disse...

fantastica cantante

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ commander cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ prix cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes