Amigos seguidores

domingo, julho 24, 2011

O "27 Club"

Amy, Janis Joplin, Kurt Cobain e Jimi Hendrix
A cantora inglesa Amy Winehouse, encontrada morta neste sábado (23), na Inglaterra, seguiu o mesmo roteiro trágico de outros ídolos mundiais da música pop, como Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison, Brian Jones e Kurt Cobain. Todos esses artistas encerraram a carreira e a vida, a maioria por envolvimento com drogas, aos 27 anos. Morto em 1970, também em Londres e sob circunstâncias nebulosas, Hendrix conquistou fama na década de 1960 ao mostrar seu talento com a guitarra, sendo considerado por muitos como um dos maiores guitarristas da história. 
Uma das grandes cantoras de rock da década de 1960, conhecida por sua voz rouca e singular, a cantora norte-americana Janis Joplin também faleceu antes de completar 30 anos. A artista, que passou pelo Brasil em 1970 com sua turnê, ano de sua morte, foi vítima de uma overdose de heroína. Em 1969, o ex-Rolling Stones Brian Jones foi encontrado no fundo de sua piscina, em 1969, e declarado morto por afogamento. Ele tinha 27 anos. Dois anos depois, o compositor e cantor Jim Morrison, vocalista e líder da banda The Doors, também faleceu. Ele havia dado um tempo na banda e tentar se dedicar a outras atividades. Foi encontrado em um hotel de Paris, França. Mais de duas décadas depois, também com 27 anos, Kurt Cobain, vocalista da banda de rock Nirvana, foi encontrado morto em sua casa, após dar um tiro de espingarda na cabeça. O cantor sofria de depressão e também fazia uso de drogas. De acordo com familiares do roqueiro de Seattle, desde criança ele falava do sonho de participar do clube, que inspirava a ideia de morrer jovem depois de viver intensamente.
Fonte: G1


Nota do autor do blog: 
Eles não foram citados pela grande imprensa até porque não fazem parte do mundo do Rock, mas acabei de pesquisar e constatei que por coincidência o americano Robert Johnson e o brasileiro Noel Rosa também morreram na faixa dos 27 anos e bem que poderiam integrar este "CLUB 27". Noel, a bem da verdade, morreu 6 meses antes de completar os 27. Johnson já havia completado quando morreu. Veja a história deles na sequencia. 



Robert Leroy Johnson (8 de maio, 1911 – 16 de agosto, 1938) foi um cantor e guitarrista norte-americano de blues. Johnson é um dos músicos mais influentes do Mississippi Delta Blues e é uma importante referência para a padronização do consagrado formato de doze compassos para o blues. Influenciou grandes artistas durante anos como Muddy Waters, Led Zeppelin, Bob Dylan, The Rolling Stones, Johnny Winter, Jeff Beck, e Eric Clapton, que considerava Johnson "o mais importante cantor de blues que já viveu". Por suas inovações, músicas e habilidade com a guitarra ficou em quinto lugar no ranking dos 100 melhores guitarristas de todos os tempos da revista Rolling Stone.

Noel de Medeiros Rosa (Rio de Janeiro, 11 de dezembro de 1910 — Rio de Janeiro, 4 de maio de 1937) foi um sambista, cantor, compositor,bandolinista, violonista brasileiro e um dos maiores e mais importantes artistas da música no Brasil. Teve contribuição fundamental na legitimação do samba de morro e no "asfalto", ou seja, entre a classe média e o rádio, principal meio de comunicação em sua época - fato de grande importância, não só o samba, mas a história da música popular brasileira. 

Em ambos os casos nunca se soube que eles tivessem se envolvido com drogas pesadas, mas a seu modo e a seu tempo, tanto Johnson quanto Noel tiveram suas mortes provocadas pelo consumo de álcool, cigarros e muita, mas muita boêmia. Johnson morreu de uma pneumonia que contraiu 3 dias depois de ter se apresentado no bar "Tree Forks" onde bebeu whisky envenenado com estricnina, supostamente preparado pelo dono do bar, o qual estava enciumado por Jonhson ter flertado com sua mulher. O whisky envenenado não o matou, mas o deixou tão debilitado a pneumonia acabou sendo fatal. Noel, que tinha uma tuberculose desde jovem, nunca se cuidou. Vivia nos cabarés cariocas, bebendo e fumando ao lado das diversas amantes que tinha. Alguns anos antes de sua morte mudou-se para Belo Horizonte para se tratar da doença. Quando voltou a viver no Rio jurou aos amigos que estava curado. Acabou morrendo em decorrência da doença aos 26 anos e seis meses de vida. 

Um comentário:

Só pra você disse...

Realmente é um fato triste, por ser uma pessoa jovem e totalmente entristecida com a vida. Ver um ser humano se matar aos poucos é dolorido demais e ela era tristemente linda e olha que eu não era fã das musicas dela, mas, me entristeço quando uma pessoa desiste de viver.

Beijocas

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes