Amigos seguidores

domingo, outubro 30, 2011

Um paraíso quase no topo do Mundo!

O arquipélago identificado no mapa como Kuril Islands
A maior ilha do Arquipélago das Curilas é a Iturup. É uma ilha indescritivelmente bela e tem um comprimento de 200 km. Um de seus lados é banhada pelo Oceano Pacífico e o outro pelo Mar de Okhotsk. Quase toda a ilha é uma reserva natural. As Ilhas Curilas, Ilhas Kuril ou Curilhas formam um arquipélago vulcânico de 56 ilhas que se estende entre a Península de Kamchatka, no extremo oriental da Rússia, até à ilha japonesa de Hokkaido, entre o Mar de Okhotsk, a noroeste, e o Oceano Pacífico, a sudeste. Embora o Japão reclame as quatro ilhas mais a sul, a que denomina "Territórios do Norte", todo o arquipélago permanece sob administração da Rússia desde o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, como resultado do Tratado de São Francisco, fazendo parte do Oblast de Sacalina. As ilhas são uma formação de mais de 100 vulcões, dos quais 35 ainda em atividade. Ficam em um corredor de placas tectônicas e, devido a esse fato, a região possui intensa atividade sísmica.  A população das ilhas é de aproximadamente 30 000 habitantes de etnias russa, ucraniana, bielorrussa, tártara, coreana, e populações indígenas, principalmente russa e japonesa. Aproximadamente metade da população vive abaixo da linha da pobreza, de acordo com a administração regional. Nessa viagem pela Iturup um pouco da maravilhosa natureza que por estar distante e numa região tão afetada pelas manifestações climáticas, quase não é conhecida pelo resto da humanidade. Apreciem!


A ilha tem nove vulcões ativos e o Stokap é o mais alto. Na foto você vê a sua cratera.



As pessoas podem ir a estas fontes de água quente a qualquer hora do dia e nadar  de graça. Mas lembre-se que vai doer se você tiver um corte ou uma queimadura, pois as águas são de origem vulcânica. 

A ilha é rica por seus recursos minerais. Na época da União Soviética era base de trabalhos geológicos, mas em 90 anos tudo isso quebrou e por lá foram deixados muitos equipamentos e máquinas. 

Este é um caminho que leva até o vulcão.

O resultado da caminhada vale a pena todo o esforço feito. Olha isso! Você pode ver o Oceano Pacífico a partir daqui! 

Geralmente se leva um dia para chegar ao topo e depois voltar para o acampamento.


Este é um dos trabalhadores sazonais da ilha que vivem da pesca. 

A cidade de Kurilsk, a mais importante da ilha.

Os ursos aproveitando o sol sobre a neve. 


Esta usina de energia geotérmica abastece toda a ilha com eletricidade. É barata e ecologicamente correta.

A canyon levando para o Mar de Okhotsk.

Estas são ilhas vulcânicas, algumas das quais com areia de alto teor de magnetite.












Um comentário:

jucelma ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes