Amigos seguidores

quarta-feira, junho 27, 2012

Musicalidades...

Agnus Sei
João Bosco

Faces sob o sol, os olhos na cruz
Os heróis do bem prosseguem na brisa na manhã
Vão levar ao reino dos minaretes
A paz na ponta dos arietes
A conversão para os infiéis
Para trás ficou a marca da cruz
Na fumaça negra vinda na brisa da manhã
Ah, como é difícil tornar-se herói
Só quem tentou sabe como dói
Vencer satã só com orações


Á andá pa catarandá que deus tudo vê
Á andá pa catarandá que deus tudo vê
Á anda, ê hora, ê manda, ê mata,
Responderei não!
Dominus dominium juros além
Todos esses anos agnus sei que sou também
Mas ovelha negra me desgarrei
O meu pastor não sabe que eu sei
Da arma oculta na sua mão
Meu profano amor eu prefiro assim
Á nudez sem véus diante da santa-inquisição
Ah, o tribunal não recordará
Dos fugitivos de shangri-lá
O tempo vence toda a ilusão

2 comentários:

Loreta disse...

Este, além de cantar, cria letras incríveis. Um dos gênios da MPB.
Pena que pouco divulgado pela mídia!

Marina Linhares disse...

Foi o grande homenageado na entrega do Prêmio na Globo domingo.
Ele junto com o Aldir Blanc, formaram uma das melhores parcerias que já conheci na MPB.
Valeu!

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes