Amigos seguidores

segunda-feira, junho 04, 2012

Passeando no Kapali Charshi, o Grande Bazar de Istambul

O Kapali Charshi, mais conhecido como o Grande Bazar, é um dos maiores mercados cobertos do mundo, reunindo sob o mesmo teto 58 ruas com mais de 4.000 lojas. Esse gigantesco centro de compras começou a ser construído sob o sultanato de Mehmet II, logo após a tomada de Constantinopla em 1464. Sua obra foi toda baseada nos mercados das capitais bizantinas.



Nos anos seguintes o Kapali Charshi foi repetidamente reconstruído e ampliado. Após o terremoto de 1894 foi executada uma reconstrução mais ampla do mercado. No período otomano o mercado não foi usado só para o comércio. Nele se faziam transações econômicas e financeiras, com os bancos se instalando no local. Até meados do século XIX o Kapali Charshi chegou a ser um centro do comércio de escravos.



A gama de produtos oferecidos dentro do Kapali Charshi é extremamente alta. Vai de jóias e ornamentos a antiguidades, couro, tecidos, tapetes, lembranças de viagens, cerâmica, madeira, lustres, lâmpadas turcas, bijouterias, etc. 





Lá você encontra as famosas "Lanternas Turcas". Verdadeiras obras de arte coloridas, confeccionadas em vidro e com detalhes ornamentais.



 
O que também sobra são lojas de têxteis com roupas, lenços, camisetas, xales turcos, travesseiros e cobertores com bordados em detalhes típicos da região. Uma verdadeira "tentação" aos turistas que o visitam para comprar o famoso presente de "lembrancinha".




Produtos de cobre e latão turcos também são bastante comuns. Uma grande dica para quem quer ir a Istambul e visitar o mercado é "negociar". Pechinchando se consegue as coisas por um preço bem mais barato do que o anunciado inicialmente.






As multicoloridas e trabalhadas peças de cerâmica turca. Um deleite para os olhos e uma tentação para o bolso dos turistas. 


Peças para xadrez. Como no Oriente Médio eles gostam muito de jogar xadrez e gamão, essas peças são fáceis de se encontrar. Verdadeiras obras de arte em detalhes típicos do país e da região. 



Eles dificilmente deixam fotografar nas lojas de jóias do Bazar, mas sempre aparece algum fotógrafo ou turista se passando por "desavisado" e conseguindo dar seus tiros. 



Ouro é ouro em todo o mundo, da mesma forma que pérolas, diamantes e outras pedras. O interessante no Grande Bazar de Istambul é procurar peças com design que mostram as características do Oriente Médio.


Fotos: Peter Ushanov, Google e textos adaptados pelo editor. 

Em breve vamos trazer um post sobre o Bazar Egípcio, o bazar das especiarias de Istambul. 

Um comentário:

Ana Paula disse...

OiMilton!
Já tinha visto alguma coisa na TV e na Internet sobre este grande Bazar, mas nada assim, com várias fotos e bastante esclarecimentos. Valeu pelas dicas. Beijão da Aninha!

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes