Amigos seguidores

segunda-feira, junho 25, 2012

Uma ilha...um mosteiro...uma história!

Ela está situada a 12 km da costa sudoeste da Irlanda. Por 600 anos ela foi o centro da vida solitária de monges cristãos irlandeses. Pela sua relevância histórica foi anexada a lista do Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO. Veja mais fotos e conheça mais sobre a mística ilha irlandesa Skellig Michael.



Traduzido da língua irlandesa Skellig Michael significa "A Rocha de Michael", que se constitui numa ilha rochosa íngreme onde no seu ponto mais alto, a uma altitude de 230 metros, existe até hoje um antigo mosteiro fundado no século 7 por monges cristãos. Por mais de 500 anos eles viveram na ilha em celas de pedra, situadas ao longo das paredes verticais da rocha, totalmente isolados do mundo exterior. O único problema eram o Vikings, que de vez em quando invadiam o mosteiro. 






A ilha Skellig Michael é um maravilhoso exemplo de assentamento religioso deliberadamente construído em um lugar remoto e perfeitamente conservado por um ambiente favorável. As condições espartanas do mosteiro ilustram o estilo de vida ascético, filosofia que conduziu os primeiros cristãos da Irlanda. Devido ao afastamento da Ilha, até recentemente inacessível aos visitantes, o Mosteiro se manteve excepcionalmente bem preservado. 





Contam os historiadores que a ilha foi habitada até o século 12, quando a deterioração das condições climáticas causaram frequentes furacões e tempestades que forçaram a comunidade de monges se deslocar para o continente. No entanto, a presença esporádica de monges continuava e as células foram mantidas em bom estado até o século 16. Embora o mosteiro tecnicamente já não mais existia, o local continuou a ser um centro de peregrinação. A ilha também era popular entre os jovens casais. Num momento da história em que o casamento cristão foi proibido no continente irlandês, eles se casavam em Skellig Michael



Em 1826 a ilha foi entregue à gestão do Departamento Nacional de Vigilância Marítima, com sede em Dublin. Além de conservar o mosteiro uma das iniciativas foi a construção de dois faróis, um dos quais ainda utilizado até hoje. Em 1996 Skellig Michael se juntou à lista da UNESCO e passou a ter conservação mundial. 


Hoje, além de receber os turistas que ajudam a manter a conservação da ilha com as contribuição de ingresso, ela serve de criadouro e lar dos Puffins, os famosos "papagaios do mar", muito comuns naquela região do Atlântico.




Fonte: Lifeglobe

6 comentários:

Loreta disse...

Miltinho!
Adoro o teu blogue porque sempre que se vem aqui tem alguma coisa diferente. Nem sonhava que existia essa ilha com este mosteiro na costa da Irlanda. E olha que eu navego nessa web.
Brigadão pela novidade.
Bewijusssssssss

Blog da Titia disse...

Algum dia o pessoal do trabalho acerta o bolão e olha a Titia indo visitar esta ilha e ainda leva o Milton na bagagem...
Enquanto isso não acontece ela fica por Itacaré, Maraú, Olivença e Curuípe. E aproveita também a música linda que em si é uma viagem.
Um xero do tamanho da Bahia.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Olá Milton,estou devendo visitas a você,mas na medida do possível estou mantendo contato.Seu blog nos traz conhecimento,pois eu não conhecia a história deste magnífico lugar.Beleza ímpar.Um grande abraço!

Marina Linhares disse...

Mais um para o meu dia... bom saber e ver coisas novas... essa ilha é algo inimaginável.
Percebi navegando aqui no seu blog, que sou uma analfabeta... quanta coisa ao meu redor e eu não tenho conhecimento!!!
Ponto pra você, Milton!

martinealison disse...

Des photos fantastiques d'un lieu qui vous donne envie de vous retrouver de temps en temps, juste pour se reconnaître, vider son esprit... faire une sorte de retraite.

J'ai beaucoup apprécié votre publication sur la "route de l'Atlantique"... La première photo est très impressionnante.

Gros bisous à vous...

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ achat cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ prix cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ prezzo cialis 5 mg
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes