Amigos seguidores

terça-feira, julho 17, 2012

Eis o verdadeiro amor materno...

Sem conceitos ou preconceitos, sem programação ou qualquer vaidade, sem regras ou parceiro definido, apenas instinto e amor. Amor incondicional - daquele de verdadeiramente dar a vida para proteger. Amor que só termina quando a natureza lhe mostra que o filhote está adulto e pode se virar sozinho. Ai começa tudo outra vez no ciclo da vida. Mais um parceiro...outra cria, e a espécie haverá de se perpetuar. Aqui temos 33 exemplos deste amor que é verdadeiramente materno.
   


































Fonte: Arquivos do Google

Um comentário:

Marina Linhares disse...

Lindo !!!!!!!!!!!!!!!!!

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes