Amigos seguidores

sábado, maio 19, 2012

Locais NÃO escolhidos como "As 7 Maravilhas da Natureza"

Cataratas do Iguaçu, uma das "Sete Maravilhas da Natureza" 
"As Sete Maravilhas da Natureza" foi uma iniciativa lançada para criar uma lista de sete maravilhas naturais escolhidas pelo povo através de uma pesquisa global feita pela Internet, que acabou concluída oficialmente no ano passado, quando os locais vencedores foram anunciados. A iniciativa foi comandada pelo canadense-suíço Bernard Weber e organizada pela fundação suiça New7Wonders. "As Sete Maravilhas da Natureza" teve início em 2007, imediatamente após a campanha para eleger as "Sete Maravilhas do Mundo Moderno" construídas pelos homens, entre as quais se destacou o Cristo Redentor do Rio de Janeiro. Na eleição das sete maravilhas da natureza tivemos mais de 100 milhões de votos expressos pelo internautas. No início foram mais de 440 locais indicados, representando 220 ​​países, e através de escolhas internas de qualificação foram definidos os 77 pré selecionados. Posteriormente, com as recomendações do Painel de Peritos, liderado pelo Professor Federico Mayor, a lista de 28 candidatos finalistas foi determinada. A votação entre estes 28 finalista durou até novembro de 2011, período durante o qual integrantes da "New7Wonders World Tour" visitaram cada um dos locais para permitir que eles se apresentassem aos eleitores em todo o mundo com campanhas feitas por canais de TV, Internet, Jornais, etc. Além das Cataratas do Iguaçu, que você vê acima, foram vencedores a Floresta da Amazônia, no Brasil; a Baía de Halong, no Vietnã; a Ilha de Jeju, na Coréia do Sul; o Parque Nacional de Komodo, na Indonésia; o rio subterrâneo de Puerto Princesa, nas Filipinas,  e a Montanha Table, na África do Sul. Eis os demais vencedores: 
Baía de Halong, Vietnã
Floresta da Amazonia, Brasil
Ilhas Vulcânicas Jeju, na Coréia do Sul 
Ilhas de Komodo, Indonésia
Rio Subterrâneo de Puerto Princesa, Filipinas
Table Mountain, Cidade do Cabo, África do Sul
Neste artigo vamos mostrar-lhes os 21 lugares que acabaram eliminados na disputa. É só seguir o post. Se você achar interessante dê sua opinião sobre "os rejeitados". Se algum deles deveria estar entre os vencedores. Confira!  


Bu Tinah Shoals - Emirados Árabes Unidos
Bu Tinah é um pequeno arquipélago no meio de extensas formações de corais e leitos de algas marinhas, cerca de 25 km ao sul de Zirku e 35 ao norte de Marawah no Emirados Árabes Unidos. É protegido como reserva de natureza privada. As ilhas Bu Tinah são ricas em biodiversidade e se encontram dentro da Reserva da Biosfera Marinha Marawah com um território de mais de 4.000 km2


Mar Morto - Jordânia e Israel 
O Mar Morto é um lago de água salgada do Oriente Médio. Com uma superfície de aproximadamente 1050 km², correspondente a um comprimento máximo de 80 quilômetros e a uma largura máxima de 18 km, é alimentado pelo Rio Jordão e banha a Jordânia e a Israel. Nos últimos 50 anos o Mar Morto perdeu um terço da sua superfície, em grande parte por causa da exploração excessiva de seu afluente, única fonte de água doce da região, para além da natural evaporação das suas águas. Contudo, os especialistas são de opinião que, dentro de alguns anos, esta perda tenderá a se estabilizar, paralelamente a estudos que levem à sua conservação e preservação; portanto, o desaparecimento do Mar Morto não aconteceria, segundo estes, nem hoje nem no futuro. 


Grande Barreira de Coral - Austrália
A Grande Barreira de Coral é uma imensa faixa de corais, composta por cerca de 2900 recifes, 600 ilhas continentais e 300 atóis de coral, situada entre as praias do nordeste da Austrália e Papua-Nova Guiné, que possui 2.300 quilômetros de comprimento, com largura variando de 20 km a 240 km. A Grande Barreira de Coral pode ser vista do espaço e é a maior estrutura do mundo feita unicamente por organismos vivos. As estruturas do recifes são compostas pro milhares de milhões de minúsculos organismos, conhecidos como pólipos de coral. Ela suporta uma grande biodiversidade e foi eleita um dos patrimônios mundiais da Humanidade em 1981. 



Cavernas Jeita Grotto - Líbano
A Gruta Jeita é um sistema de duas cavernas cársticas de calcário, separadas, mas interligadas, que medem um comprimento total de cerca de 9 km. As cavernas estão situados no campo de Nahr al-Kalb, Vale da localidade de Jeita, 18 km ao norte da capital do Líbano, Beirute. Embora habitada em tempos pré-históricos, a menor caverna só foi redescoberta em 1836 pelo Reverendo William Thomson. Ela só pode ser visitada de barco e teve canalizado um rio subterrâneo que fornece água potável para mais de um milhão de libaneses.



Parque Nacional do Kilimanjaro - Tanzânia 
O Kilimanjaro National Park está localizado a 200 quilômetros ao sul, perto de Moshi, na Tanzânia. Ele está centrado no Monte Kilimanjaro e abrange uma área de 753 km2. Na década de 1910, o Monte Kilimanjaro e suas florestas foram declaradas uma reserva de caça pelo governo colonial alemão. Em 1921 foi feita uma reserva florestal. Em 1973, a montanha acima da linha das árvores foi reclassificada como Parque Nacional e foi aberto ao acesso do público em 1977. O parque foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1987.


Lagos Masúria - Polonia
A Masúria Lake District ou Lagos Masúria é um distrito no nordeste da Polônia, contendo mais de 2.000 lagos. A área se estende cerca de 290 km ao leste do Rio Vistula até a fronteira com a Lituânia, e ocupa uma área de aproximadamente 52.000 quilômetros quadrados. Os lagos são bem servidos por rios e canais, formando um sistema extensivo de vias navegáveis. Toda a área é um destino turístico de excelência, frequentado por canoeiros, pescadores, caminhantes, ciclistas e amantes da natureza. É um dos mais famosos sistemas de lago da Europa Central e um local de férias muito popular, frequentado a cada ano por um número maior de visitantes. 


Sundarbans National Park - Índia e Bangladesh
É o maior bloco de marés e florestas do mundo, formando o maior manguezal do Planeta Terra. Patrimônio Mundial da UNESCO, que abrange partes da Índia e Bangladesh, foi transformado em parque nacional como Reserva da Biosfera  com sua sede localizada no delta do Sundarbans, no estado indiano de Bengala Ocidental. Esta região é densamente coberta por mangues, florestas, e é uma das maiores reservas mundiais do tigre de Bengala.



Angel Falls - Venezuela
Angel Falls é a cachoeira ininterrupta mais alta do mundo, com uma altura de 979m (3212 pés) e uma queda de 807m (2648 pés). A cachoeira cai sobre a borda do Auyantepui, montanha no Parque Nacional Canaima, um Patrimonio Mundial da UNESCO. A altura consiste principalmente da queda principal, mas também inclui cerca de 400m de cascatas inclinadas e corredeiras abaixo da queda.

Parque Nacional da Baía de Fundy - Canadá
A Baía de Fundy fica no extremo nordeste do Golfo do Maine entre as províncias canadenses de Nova Brunswick e Nova Escócia, com uma pequena porção tocando o Estado de Maine, EUA. A Baía de Fundy é conhecida por sua amplitude de marés, rivalizando com Ungava Bay, no norte de Quebec; Rei Som na Austrália Ocidental; Golfo de Khambhat na Índia e a do Estuário de Severn, no Reino Unido, locais que registram os maiores índices de maré do mundo.



Floresta Negra - Alemanha
A Floresta Negra é um arborizada em Baden-Württemberg, sudoeste da Alemanha. Faz fronteira com os vales oeste e sul do Reno. O pico mais alto é o Feldberg, com uma altitude de 1.493 metros (4.898 pés). A região é quase retangular com um comprimento de 200km e largura de 60km. Por isso, tem uma área de aproximadamente 12.000 km2. O nome Schwarzwald, ou seja, Floresta Negra, remonta aos romanos que se referiam assim às montanhas densamente florestadas, porque o crescimento denso de coníferas na mata bloqueavam a maior parte da luz do sol. 



Penhascos de Moher - Irlanda
Os Penhascos de Moher estão localizados na extremidade sudoeste do Burren região em County Clare, Irlanda. Eles sobem 120 metros acima do Oceano Atlântico na cabeça do Hag, e atingim sua altura máxima de 214 metros ao norte da Torre O'Brien. A Torre O'Brien é uma torre de pedra redonda perto do ponto médio das falésias construídas em 1835 por Sir Cornelius O'Brien para impressionar os visitantes do sexo feminino.



Floresta Nacional de El Yunque - Porto Rico
A Floresta Nacional El Yunque, como parte do território autônomo de Porto Rico, ligado aos EUA, é a única floresta que pertence ao Serviço Florestal dos EUA. Nela está o pico da montanha que leva o mesmo nome e é uma das mais altas em Porto Rico, situando-se a 1.080 metros acima do nível do mar. O pico está quase sempre coberto de névoa fina devido à sua alta umidade. 
 



Ilhas Galápagos - Equador
As Galápagos formam um grupo de 13 ilhas, das quais apenas quatro são habitadas, situadas no Oceano Pacífico a aproximadamente mil quilômetros a oeste da costa do Equador, país a que pertencem e ponto continental mais próximo. O arquipélago apresenta uma biodiversidade elevada e é o habitat de uma fauna peculiar que inclui muitas espécies endêmicas como as tartarugas e iguanas de Galápagos. A totalidade das ilhas constitui uma reserva de vida selvagem administrada pelo governo do Equador desde a visita de Charles Darwin, e é o principal laboratório vivo de biologia do mundo.



Grand Canyon - Estados Unidos
O Grand Canyon encontra-se no território dos Estados Unidos. Seu vale foi moldado pelo Rio Colorado durante milhares de anos à medida que suas águas percorriam o leito, aprofundando-o ao longo de 446 km. Chega a medir entre 6 e 29 km de largura e atinge profundidades de 1600 metros. Cerca de 2 bilhões de anos da história geológica da Terra foram expostos pelo rio, à medida que este e os seus afluentes vão expondo camada após camada de sedimentos.



Ilhas Maldivas - República das Maldivas 
A República das Maldivas é um pequeno país insular situado no Oceano Índico ao sudoeste do Sri Lanka e da Índia, ao sul do continente asiático, constituido por 1.196 ilhas, das quais 203 são habitadas, localizadas a cerca de 450 km ao sul da península do Decão. A sua única fronteira real é com o território indiano das Laquedivas, a norte, mas são também os vizinhos mais próximos do Território Britânico do Oceano Índico, um conjunto de ilhas localizadas ao sul das Maldivas.



Monte Matterhorn (Cervino) - Itália e Suíça
O Matterhorn é talvez a montanha mais conhecida dos Alpes. Localizado na fronteira da Suíça com a Itália, sua graciosa silhueta domina a cidade suíça de Zermatt e a cidade italiana de Breuil-Cervinia, no Val Tournanche. Foi a última grande montanha dos Alpes a ser escalada, talvez devido aos receios que provocava em muitos montanhistas. Apesar de se destacar com um desnível alto e forma triangular bem definida, não possui um valor elevado de proeminência topográfica pois muitos montes mais altos são próximos e unidos. A sua forma inspirou a cultura ocidental em numerosas ocasiões, desde o formato do chocolate Toblerone, ao batismo de outros montes de forma semelhante (como o Machapuchare, o Matterhorn do Nepal).




Milford Sound - Nova Zelândia
Milford Sound é um fiorde cavado pelo degelo e pela ação do vento nas montanhas. É o principal ponto turístico natural da Nova Zelândia. O fiorde se encontra no segundo ponto mais pluvioso do mundo e tem seu ponto culminante no Pico Mitre, a 1.692 metros de altura. É o mais famoso dos 15 fiordes que compõem o Parque Nacional de Fiordland, que está sendo analisado para se tornar parte da lista de Patrimônios da Humanidade da UNESCO.




Vulcões de Lama - Azerbaijão
Borbulhando como caldeirões de bruxas os vulcões de lama são uma das curiosidades mais obscuras da natureza. Eles são encontrados respingado por todo o mundo, mas surpreendentemente cerca de 300 dos 700 vulcões de lama da Terra ficam no Azerbaijão. 



Parque Nacional Uluru - Austrália
O Uluru National Park é um Património Mundial da UNESCO, listado no Território do Norte da Austrália. Ele está localizado 1431km ao sul de Darwin por estrada e 440 quilômetros a sudoeste de Alice Springs ao longo das rodovias de Stuart Lasseter. O parque cobre 2010 quilómetros quadrados chama atenção pelos montes rochosos em vermelho que se destacam a milhares de metros. 




Parque Nacional do Vesúvio - Italia 
Parque Nacional do Vesúvio é um parque centrado em torno do Monte Vesúvio, a leste de Nápoles, Itália. O parque foi fundado em 1995 e abrange uma área de cerca de 135 quilômetros quadrados na província de Nápoles. Ele está centrado em torno do Vesúvio, um vulcão ativo, e sua mais antiga cratera, Monte Somma. Ele abriga 612 espécies vegetais e 227 espécies de animais. 

Yushan National Park - Taiwan 
O Yushan National Park é um dos sete parques nacionais em Taiwan e foi nomeado em homenagem ao pico mais alto do parque. Abrange um total de 105,490 hectares, incluindo uma grande parte da Cordilheira Central . O Parque contém mais de trinta picos de mais de 3.000 metros de altitude, e dois terços da área dentro do parque é acima de 2.000 metros. No parque há muitos cânions, falésias e vales.

Fontes: Wikipédia, Flickr, Google.

11 comentários:

Suaveseara disse...

Nem sei qual local deveria ser escolhido, mas acho que as ilhas Jeju só estão entre as "Sete" porque pesou os votos pela Internet dos sul coreanos.
Beijos!

Paulinho disse...

Milton!
Concordo com a loiraça ai de cima. Não creio que aquela ilha da Coreia possa ter atrativos suficientes para estar entre os 7. Acho que o Grand Caynon foi injustiçado nessa votação.

Abs.

Milton disse...

Gente.....
Internet é isso, mas os locais escolhidos são lindos, sim!
Também concordo que alguma injustiças aconteceram: Grand Canyon, Barreira de Corais, etc.
Obrigado pela participação de todos!

ELAINE disse...

Milton, meu amigo! Como está você? Meu amigo, parabéns por compartilhar imagens tão lindas! Concordo que os escolhidos são lindos, ainda mais que há dois do Brasil, entre eles, mas como esta é uma premiação relativamente nova, acho que deveria se inovar e mudar... Porque "sete"? São maravilhas da natureza e a natureza é infinita, então deveriam ser quem sabe, as 15.... Adorei o post! Aparece! Bjo no Coração! Excelente domingo!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Milton disse...

Elaine, querida.
Só Sete para seguir a simbologia das "Sete Maravilhas".
Sete Maravilhas do Mundo Antigo...do Mundo Moderno.. e agora da Natureza.
Obrigado pela participação.
Beijos carinhoso!

vendedor de ilusão disse...

Olá amigo, quero convidá-lo à visitar meu blog; é um blog literário e não tem, evidentemente, as fotos sensacionais e maravilhosas que têm no seu, mas..., quem sabe goste?
Um abraço.

ELAINE disse...

Passando pra agradecer o carinho! Uma abençoada segunda-feira, repleta de muita paz e alegria! Grande e carinhoso abraço!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Manuel disse...

Uma das 7 maravilhas da natureza encontra-se em Portugal (O Douro Vinhateiro) onde se cultiva o vinho do Porto. sendo Património da humanidade

Marina Linhares disse...

Salve, Milton!
Prazer estar aqui no seu blog.
Difícil escolher lugares naturais com tanta beleza que existe nesse mundão.
Quanto as fotos postadas, fico com as CATARATAS DO IGUAÇU porque conheço pessoalmente e fiquei encantada com o que vi.
Abraços.

Anônimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ prix viagra
http://commanderviagragenerique.net/ acheter viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ comprar viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis acheter
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis prix
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis 20 mg

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes