Amigos seguidores

quarta-feira, junho 27, 2012

O Túnel do Amor...


Na pequena cidade de Klevan, com seus pouco mais de 8 mil habitantes, na região de Rivne Oblast, na Ucrânia, existe uma ferrovia cercada de árvores trepadeiras e outras vegetações, que no verão do Hemisfério Norte, com a floração abundante, se fecham em torno dos trilhos criando um túnel natural que mais parece um caminho para o conto de fadas. Talvez por isso os casais de namorados passaram a frequentar o local nesta época do ano e com o passar dos tempos criou-se a tradição de que, para ser feliz, os casais por lá precisam passar. Tem alguns que até fazem questão de ir no próprio dia do casamento, como se pode ver na foto abaixo. 


Mas Klevan tem outras atrações como se pode ver na sequência do post.


Klevan está localizada na margem direita do alto rio Stubla. As origens da cidade datam do século 15. A partir de 1458 o povoado passou a pertencer ao Príncipe M. Czartoryski e por mais de quatro séculos foi a residência principal da família. Em 1475, numa alta colina ribeirinha, o príncipe levantou os alicerces de um castelo completado por seu filho em vinte anos. A partir de 1817 o castelo foi transformado em escola por um dos descendentes dos Czartoryski e assim foi até o final do século 19. Hoje é uma visão de algo "entre desolação e ruínas pitorescas".





A Igreja da Anunciação, construída entre os anos de 1610 a 1630, serve de jazigo dos príncipes Czartoryskis é o mais antigo edifício para o culto público de Klevan. Foi cuidadosamente restaurada em 1747, 1830, 1901, e agora os restauradores estão trabalhando nisso novamente. 


Havia também uma sinagoga construída no século 17. Ela passou por reparos e tantas transformações que só uma placa homenageando judeus mortos e queimados pelos nazistas, em 1941, lembra do que havia sido originalmente destinado. Por um curto período entre duas guerras mundiais Klevan foi a aldeia de férias mais popular do verão na área para os moradores ricos. Um hotel da época, hoje reformado, continua funcionando à beira do rio que banha a cidade.



Enquanto a cidade leva sua vida pacata, os casais de namorados passeiam pelo túnel. Quando o trem não passa, é claro! 




Fontes: Wikipédia e Google

3 comentários:

Marina Linhares disse...

Cria uma ilusão de ótica sensacional.
Na primeira foto, ao ver rapidamente, pensei ter uma porta... me enganei.
Um lugar assim, faz bem a qualquer pessoa.
Bjs.

John M disse...

Uma cena muito romântica.
Obrigado

Loreta disse...

Adorei este lugar!
Vou arrumar um namorado para ir lá(risos).
Bjs

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes