Amigos seguidores

quarta-feira, junho 27, 2012

Conheça Olympus, o monte mais alto do sistema solar

O Monte Olimpo, também conhecido por seu nome em latim, Olympus Mons, é um vulcão extinto do planeta Marte, sendo o maior monte do nosso Sistema Solar. Ele ergue-se a 27 km acima do nível médio da superfície marciana, o que o faz três vezes mais alto que o Monte Everest. O Olimpo foi visualizado e fotografado, pela primeira vez, através da sonda espacial Mariner 9 da NASA em 1971, embora já fosse conhecido e nomeado por astrônomos desde o século XIX, através dos observatórios espaciais. A diferença era que, por não saber exatamente do que se tratava aquela saliência, os astrônomos o definiam como "Neves do Olimpo". Veja mais fotos na NASA e o comparativo com a cadeia de montanhas do Himalaia na sequencia do post. 



O Olimpo se estende por 540 km de largura e tem declives acentuados em parte das bordas que chegam a ter 7 km de altura. As razões para a formação desses penhascos gigantes ainda não encontraram uma explicação convincente. O comprimento da caldeira vulcânica do Olimpo chega a 85 km, e a largura a 60 km. Para efeito de comparação - no maior monte vulcânico do Planeta Terra, o Mauna Loa, no Havaí, o diâmetro da cratera é de 6,5 km. 


A pressão atmosférica no topo do Monte Olimpo é de apenas 2% da característica de pressão da superfície marciana média. Para a comparação - a pressão sobre o cume do Everest é de 25% da que existe no nível do mar.




Foto montagem para Comparação

Comparado ao Monte Olimpo, a cadeia de montanhas do Himalaia não passa de um aglomerado de morrinhos. Suas dimensões são tão absurdas que, se alguém estivesse na superfície marciana, seria incapaz de perceber que estava de frente para um vulcão, nem mesmo a uma distância em que a curvatura do planeta já começaria a ocultá-lo. Teria-se então a ilusão de se estar olhando para uma imensa parede, ou até mesmo para a linha do horizonte. Da mesma forma, quem estivesse em seu cume e olhasse para baixo, não enxergaria o seu final, numa ilusão parecida.

Fontes: Nasa e Wikipédia

3 comentários:

Marina Linhares disse...

Coisa de doido, sô! Não tem água, não tem verde, não tem nada... mas é bonito demais!

Aoorol Yanstate disse...

Beautiful pictures!

Too bad we humans do not have to go there personally.
At least for now!

hugs

Milton disse...

Marina e Aoorol, realmente um ambiente inóspito, mas maravilhoso.
Pode se dizer espetacular!

Compartilhe:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Posts Recentes